Série ao Fundo

Do outside para o inside da sua casa

O pior PipeMasters dos últimos anos

O último Série ao Fundo ano chega trazendo todos os destaques do Pipe Masters, etapa que encerrou o circuito mundial 2016 e coroou Michel Bourez nas direitas de Backdoor.

Se o ano começou atípico com as vitórias de Matt Wilkinson, o fim da temporada não foi menos estranho, com uma final inesperada entre o taitiano e o nipo-americano Kanoa Igarashi. Apesar de fazer sua estreia na etapa mais badalada do tour, Kanoa não se deixou intimidar e derrubou gigantes -como Kelly Slater- pelo caminho.

Já Bourez, que voltou ao lugar mais alto do pódio depois de 2 anos, mostrou mais uma vez todo o seu talento como tube rider ao derrotar surfistas do quilate do atual campeão mundial John John Florence.

Aliás, mesmo já tendo o caneco de 2016 assegurado, John John fazia uma cruzada pessoal para faturar outras importantes honrarias que ainda estavam em disputa. Pela terceira vez, garantiu a tríplice coroa havaiana, mas viu o Pipe Masters escapar depois de errar dentro de um tubo que lhe garantiria a virada nas quartas-de-final.

Também parou nas quartas o melhor brasileiro do evento: Filipe Toledo. O ubatubense contradisse seus críticos e provou que tem conhecimento das ondas tubulares ao conseguir a única nota 10 da etapa.  

Além de tudo o que rolou no Havaí, o Série ao Fundo também premia o internauta que fez mais pontos nas apostas para Pipe. O felizardo vai receber uma prancha WetWorks novinha, feita pelo shaper Joca Secco.