Série ao Fundo

Do outside para o inside da sua casa

Como colocar o leash/cordinha na prancha de surf

Parece simples, mas tem muita gente que faz errado. No Quíver Mágico de hoje Edinho Leite vai dar dicas básicas para você colocar o leash de maneira correta e fazer a importante ligação entre sua prancha e seu pé, impedindo que você se afogue, machuque outros surfistas ou estrague sua prancha.

Como impedir que o leash atrapalhe seu surf

A cordinha foi uma das grandes revoluções do surf moderno, mas pode te atrapalhar bastante se você não prestar atenção.

Quem nunca teve uma onda irada atrapalhada pela cordinha enrolada no dedão? Aquela que você dropa tentando desenrolar, perde a melhor sessão da onda e acaba errando a linha inteira....

Além disso, o leash do tamanho errado pode gerar arrasto demais ou até interferir na segurança dentro d'água. 

Edinho dá algumas dicas de como escolher o leash ideal para diferentes condições de mar e níveis de surf.

Pranchas soltas, diversão no verão!

No Quíver Mágico desta semana, Edinho Leite analisa duas pranchas diferentes, mas com um atributo comum: facilidade nos movimentos.

A primeira delas, a DHD Mini Twin, é uma espécie de fish modernizada, que proporciona curvas longas e linhas diferentes. A prancha é ideal para quem quer experimentar um surfe que foge um pouco do convencional, mas que ainda assim possibilita manobras progressivas no meio das linhas estilosas. 

A outra, Skeleton Key 2, tem características mais voltadas para perfomance, com volume e largura suficiente para garantir uma boa remada, facilitando o surfe em ondas menores. Ambas as pranchinhas podem garantir sua diversão no próximo verão!

Como colar o deck na prancha?

Série ao Fundo também é utilidade pública! O Quíver Mágico desta semana explica o passo a passo para colar um decknovo na sua prancha. Então fica esperto porque o Edinho Leite tem algumas manhas que podem te ajudar muito nesse processo. 

Por mais que pareça algo extremamente trivial, se a colagem for feita sem alguns cuidados fundamentais, serão grandes as chances de seu deck descolar e eventualmente até atrapalhar seu surfe. 

Edinho explica que existem decks diferentes para cada tipo de rabeta e mostra o que considera ser o posicionamento ideal para o antiderrapante na prancha. Ele ainda alerta para que sempre se lembre de limpar a área onde a peça será colocada, evitando esfregar o deck depois de colar, já que isso pode esticar a borracha e prejudicar a aderência da cola.

Quilhas: conceitos básicos - Quíver Mágico #10

A invenção do sistema de quilhas de encaixe permitiu que os surfistas passassem a experimentar diferentes modelos e aprendessem cada vez mais sobre esse equipamento que tanto influencia na performance dentro d'água. 

Hoje sabemos que as quilhas podem fazer sua prancha andar muito ou acabar com o seu surfe! Por isso é fundamental conhece-las e entender seu funcionamento. E para ajudar nesta tarefa árdua, o Quíver Mágico desta semana traz alguns dos conceitos básicos das quilhas. 

De forma didática e simples, Edinho Leite explica como template, base, tip, depth e sweep podem influenciar no seu surfe. Compreendendo esses primeiros conceitos você já terá mais facilidade e propriedade para escolher um jogo de quilhas que se adeque melhor aos seus objetivos dentro da água. 

O que é um Mini Tank? - Quíver Mágico # 9

O Quíver Mágico analisa algumas das pranchas da Classic Longboards, do shaper nacional Delton Menezes.

Primeiro Edinho mostra um longboard clássico e já ressalta a diferença de tamanho para o Mini Tank. Bem menor, mas com muita flutuação, o Mini tank é ideal para surfar ondas pequenas, mantendo a facilidade da remada e dando ao surfista mais mobilidade nas curvas. 

 

A prancha já foi testada nas ondas do Brasil, Havaí e Peru e os resultados foram excelentes. "A prancha proporciona facilidade nas manobras e muita pressão", constata Delton, que complementa: "a prancha é excelente para o aprendizado, pois facilita muito a entrada na onda, mas também é indicada para que já tem longboards clássicos e quer surfar mais solto na onda. Ela tem sido muito procurada pela galera das antigas. O negócio é radicalizar e se divertir".

Edinho ainda conta a história de como Delton teve a ideia de desenvolver esse modelo de prancha no Brasil. Então dá o play! 

Equipamentos básicos para começar a surfar - Quíver Mágico # 8

Edinho Leite tem um recado para os iniciantes. Nesse episódio de Quíver Mágico, o "Milk" apresenta o kit básico de equipamentos que você precisa ter para colocar a prancha na água.

Leash: a cordinha que prende a prancha ao pé do surfista e garante segurança na água;

Deck: superfície que vai na parte de trás da prancha para te ajudar a não escorregar nas ondas;

Quilhas: que dão direção aos movimentos da sua prancha.

Para entender melhor a utilidade desses itens e o que é necessário saber na hora de comprar os seus, se liga nas dicas do Edinho!

Prancha boa para mar ruim

Mar mexido, vento, onda gorda, valinhas pequenas...Infelizmente essa é uma realidade bastante corriqueira para os surfistas brasileiros.

Mas Edinho Leite garante: não existe mar errado, você é que não está com a prancha certa!

Neste episódio do Quíver Mágico vamos te ajudar a entender quais características uma prancha deve ter para extrair o melhor do seu surfe mesmo nos piores dias dos beach breaks brasileiros.

Como deve ser a construção de uma pranchinha para garantir velocidade e curvas fechadas em ondas que não ajudam muito? Solte o play e descubra!

A Superbermuda da Hurley

Edinho Leite apresenta a Phantom Hyperweave Motion, com tecnologia avançada e tudo o que uma verdadeira bermuda de surf precisa ter.

A história dessa peça é curiosa. O material utilizado na sua produção foi desenvolvido pela Nike para vestes da natação que acabaram proibidas por melhorem muito o tempo dos atletas durante as Olimpíadas.

Sem saber o que fazer com o grande estoque parado, a Nike encaminhou o material para a Hurley, que implementou a tecnologia nas bermudas de surf. O resultado vem encantando surfistas como o norte-americano Kolohe Andino. Quer saber mais? Então solta o play no Quíver Mágico!

Clássico ou performance? Longboard New Advance

Um longboard que desenha linhas clássicas e permite caminhadas estilosas até o bico, mas que também funciona para manobras mais progressivas e curvas radicais. Isso é possível?
 

Neste episódio do Quíver Mágico, Edinho Leite apresenta uma prancha que mescla as características de um long clássico com as de um pranchão de performance, e vem sendo muito utilizada por surfistas que unem esses dois estilos. É o caso da melhor brasileira da modalidade, Chloé Calmon, para quem a prancha foi especialmente desenvolvida por Neco Carbone e a New Advance.

Esfriou! E agora? Conheça a nova linha de wetsuits da Quiksilver

Nada pior do que passar uma sessão de surf batendo os dentes, pensando mais no banho quente do que nas ondas iradas que você está deixando passar porque quase não consegue mexer os braços de tanto frio. 

Neste episódio do Quíver Mágico, Edinho Leite mostra como a tecnologia dos wetsuits evoluiu para possibilitar mais aquecimento com bem menos restrição na mobilidade do surfista.

Conheça os modelos Highline Performance, Highline Ziperless e Syncro.

Flexibilidade gera velocidade? Prancha de EPS sem longarina

Neste episódio do Quíver Mágico, Edinho Leite apresenta a tecnologia Torsion Spring, que melhora o aproveitamento da energia cinética da onda, garantindo mais flexibilidade, velocidade e performance no surf.

A tecnologia combina a sensação do poliuretano com a leveza da EPS. E se rolar um acidente na sessão e você quebrar um pedacinho da prancha não precisa se preocupar em sair correndo da água, porque o bloco dela é totalmente à prova d'água! 

Quer saber mais? Então assiste o vídeo, bro! 

Qual prancha levar para uma surftrip?

Está com viagem marcada para surfar ondas fortes, com tamanho e tubulares? Pretende viajar para a Indonésia, Hawaii, Tahiti ou Noronha? Qual prancha levar para aquela surftrip dos sonhos? Edinho Leite te ajuda a responder essa pergunta neste episódio do Quíver Mágico.

O modelo em destaque é a prancha DHD SWEET SPOT 2.0, ideal e versátil para viagens, usada e aprovada por Stephanie Gilmore e Mick Fanning em ondas com muita pressão.

Primeiramente é preciso destacar alguns atributos importantes que sua prancha deve apresentar para garantir bom desempenho em ondas grandes, fortes e tubulares:

1) Boa Remada: para entrar rapidamente na onda e encontrar o melhor posicionamento no drop.

2) Controle: segurança nas curvas é imprescindível para não tomar as vacas da vida.

3) Velocidade: para sair dos tubos mais profundos e atacar as sessões com potência.

Além do double concave na área da rabeta a configuração de quilhas permite que o surfista utilize a prancha tanto no formato triquilha quanto no formato quadrilha garantindo ainda mais velocidade para a sair daqueles tubos mais profundos.

Mas, se você está pensando em surfar naquele pico de ondas menores, onde o mar nem sempre está épico e em condições perfeitas, uma boa pedida pode ser o modelo DHD XRS.

Chamada também de maroleira ou merrequeira, essa prancha reúne os atributos para que o surfista se divirta naqueles dias de ondas pequenas ou mexidas. Possui mais volume que uma prancha normal, proporcionando boa flutuação e facilidade na remada para entrar nas ondas.

Além disso, a largura extra e o rocker bem reto, ajudam o surf em ondas mais cheias e fracas até para surfistas maiores e mais pesados. Recomenda-se encomendar esse modelo de prancha de surf com 2 polegadas menor que a sua prancha do dia a dia.

Para facilitar na aceleração, a DHD XRS tem bastante largura na rabeta e e um double concave no fundo que vai do bico até a rabeta. Seu outline também se mantém largo durante toda a prancha, perfeito para passar por seções flat da onda e se manter surfando mesmo quando a onda perde força. O modelo ainda permite que o surfista opte por usar três ou quatro quilhas.

O vídeo detalha duas pranchas de surf para perfis e ondas diferentes e mostra como características de volume, fundo, rabeta e laminação podem influenciar na performance do surfista na onda. As pranchas DHD são desenvolvidas pelo shaper australiano Darren Handley e utilizada por alguns dos surfistas top do circuito mundial como Mick Fanning, Owen Wright, Stephanie Gilmore e Malia Manuel.

As pranchas apresentadas neste programa estão à disposição na Star Point de Moema e sob consulta (encomenda) nas demais lojas da rede. (http://starpointonline.com.br/)

Star Point Moema - Av. Iraí, 224 - Moema, São Paulo - SP, 04076-000

Telefone: (11) 5561-1504

Medidas das pranchas usadas no vídeo:

DHD Sweet Spot 2.0 - 6'2 x 19 5/8 x 2 3/8 - 31 L

DHD XRS - 5'10 x 21 x 2 9/16 - 35.5 L