Série ao Fundo

Do outside para o inside da sua casa

PRONTO PARA O HEXA?

Bom, já que o pior cego é aquele que não quer ver, o SAF leva pra você as 5 provas de que o Brasil é sim o país do surfe e está perto de uma sexta (e definitiva) prova. 

E nada contra o futebol não. Mas em nenhum outro esporte fomos tão dominantes. Entre DEZ etapas, o Brasil levou CINCO. Metade pra uma nacionalidade e outra parte dividida entre sul-africano, havaiano e australianos. Vamos aos fatos: 

1 OI RIO PRO - “Não no nosso quintal!"

Em casa não teve pra ninguém. Ninguém mesmo. Mineirinho não perdeu uma bateria sequer, parou o embalado Yago Dora e fez uma final perfeita, com direito a volta 'olímpica' pela praia de Saquarema. 

2 J-BAY - “Passando com 10 e louvor"

Tubarões se assustaram com o que vinha de cima. Um Filipe Toledo surfando condições épicas como se fossem rampas de decolagem. Final? Nota 10 e 1º lugar! 

3 TRESTLES  (2x) - “Ganhe um, leve dois" 

Às vezes, já nem se sabia pra quem você tinha que torcer. Tudo o que sabíamos é que tinha Brasil na água entre uma semifinal e outra final. Todo mundo na areia esperando só pra dar a taça. Filipe e Silvana foram dominantes o tempo todo.

4 HOSSEGOR - "Rei na França? Só conheço um”

Napoleão conquistou o quê em Hossegor? Medina fez a mala até do John John e ficou com o primeiro título do ano. Já não era sem tempo! 

5 PENICHE - “Servido cru e quente"

Foi ou não uma boa vingança? Julian Wilson ainda sorria quando Medina achou uma onda no último minuto. Pra dar o troco de Peniche (2012) ou Taiti (2017)? Bom...Valeu pelos dois. 

6 - O QUE ESCREVEREMOS EM PIPELINE?